Casa notícias

As dez edições superiores que enfrentam mineiros em 2016

de boa qualidade mineração levou luz para vendas
de boa qualidade mineração levou luz para vendas
KL5LM (C) guardara a luminância de alta qualidade, especialmente alta e o tempo de iluminação consideravelmente longo.

—— Oguz Kayihan

DMT-30W mostra bom à prova de explosões e choca características da prova, quase nenhuma necessidade de manter durante seu tempo da vida.

—— Albert

DL601F aprecia o bom capacidade à prova de explosões e de corrosão da prova, e baixo custo de manutenção.

—— Cameron

Tais lâmpadas que excelentes eu compro, este prodcut são o que eu espero, um bom lugar você nunca vai mal

—— Toque de Janeth Gómez

Estou Chat Online Agora
empresa notícias

As dez edições superiores que enfrentam mineiros em 2016

As dez edições superiores que enfrentam mineiros em 2016

Deloitte compilou um relatório novo que esboça os 10 problemas que superiores os mineiros enfrentarão no próximo ano.

A fraqueza em curso da mercadoria com poucos sinais da pausa, e um ambiente de investimento negativo adiante, criaram um mercado pobre continuado para da mineração contudo dos encargos fiscais e das expectativas da parte interessada sobras apenas tão altamente quanto durante o crescimento.

Isto criou um mercado extremamente negativo enquanto minando se esforça através da parte inferior do ciclo.

“É uma estadia interessante no sector mineiro, apenas como durante o ciclo super, os povos imaginaram os preços iriam acima para sempre, os povos imaginam agora que o mercado nunca recuperará,” o líder canadense e global de Philip Hopwood, de Deloitte da mineração disse.

 “Nenhum extremo é verdadeiro, mas os tempos de ciclo estão alongando, que os meios ele poderiam tomar a anos para ajustar às forças atuais do mercado -- mas é ainda um ciclo.”

Como tais mineiros estão continuando a anticipar, construindo as fundações para o progresso seguinte.

Assim que são os 10 temas importantes que estão esperando no próximo ano?

Carne sem gordura indo: A excelência operacional permanece parte dianteira e centro

De acordo com Deloitte, os mineiros estão olhando fora da indústria para adotar melhores práticas, um movimento que seja regularmente advocate3d pelo presidente Jac Nasser do BHP, que recomendou olhar à indústria automóvel para a melhor prática operacional.

“Em um esforço para conseguir a excelência operacional verdadeira, líderes do sector leveraging melhores práticas de outras indústrias e abordando as questões difíciis, incluindo relações labour,” Deloitte indicou.

Inovação: Preparação para a mudança exponencial

O sector mineiro está em uma de suas grandes eras da mudança tecnológica desde a Revolução Industrial. A integração de operações automatizadas e remotas, assim como a elevação do Internet industrial de tudo estão mudando como os mineiros fazem o negócio.  

A “inovação é um tema crítico para mineiros,” Deloitte explicou. “Contudo, muitas empresas mineiras permanecem na fase inicial da curva da adopção -- colocando a maioria de seu foco da inovação na optimização tecnologico de técnicas velhas um pouco do que procurando maneiras novas de configurar externamente e contratar.

Deloitte apresentou como os mineiros podem se preparar para esta evolução, indicando, “as estratégias que a curto prazo os mineiros devem considerar adotar incluem: inovação aumentada, ecossistemas colaboradores, acoplamento digital da mão-de-obra, e processos do trabalho melhorado da gestão de activos, do alinhamento com disponibilidade da energia, impressão 3D e modularização.”

A transição de China: Procurando a fresta de esperança

Naturalmente, o motorista do último grande crescimento é um dos interesses principais é ainda uma edição em 2016, apesar de sua procura ràpida de encolhimento nivela e um deslocamento de uma produção pesada no serviços e economia do consumidor.

“A influência na economia global, mineiros de China dada deve tomar etapas para compreender o impacto global das tendências do mercado interno do país -- particularmente como o governo chinês segue cada vez mais um trajeto do interventionist,” Deloitte disse em seu relatório. Os “interesses sobre a fraqueza da moeda podem spur empresas chinesas comprar recursos ultramarinos sobre o a curto prazo -- incluindo recursos naturais.

“Para preparar-se para estes deslocamentos principiantes, vale os mineiros que consideram encenações extremas, tornando-se planeia relativo às iniciativas do investimento de China e à experiência chinesa leveraging nas áreas tais como o projeto, a construção e o financiamento.”

Ajuste ao normal novo 

Os dias do crescimento são idos, e serão alcançados nunca outra vez, e como o mercado atravessa um período de reajuste ele encontrarão eventualmente seu nível. Falando na associação dos corretores da bolsa da conferência de Austrália, o presidente metalúrgico Xinchuang Li do planeamento & do instituto de investigação da indústria de China disse a mineração australiana que a parte inferior estêve alcançada, e haveria um platô adiante.

“A diminuição econômica no país é o normal novo,” Li indicou

Da “procura mercadoria -- particularmente fora de China -- está para baixo,” Deloitte explicou, “mas a produção não está caindo. De facto, alguns produtores têm a saída ascendente ramped para reduzir custos de unidade, para consolidar a parte de mercado ou para evitar os custos associados com a interrupção de umas minas mais velhas.”

Preparação para a mudança inevitável

O sector mineiro está submetendo-se a um período de transição um tanto vigorosa, porque as maneiras velhas de fazer o negócio já não bastam como a importância de licenças sociais se operar tornado mais altas e as práticas empresariais e o desenvolvimento de energia sustentáveis se tornam predominantes.

O movimento global para energias renováveis ameaçou a probabilidade para o carvão térmico. Embora os combustíveis fósseis sejam prováveis continuar a jogar um papel crítico na mistura global da energia, o movimento às fontes de energia alternativas é inevitável.

Mudando a natureza de diálogos da parte interessada

No início deste mês o executivo principal de Rio Tinto para o carvão e o cobre, Jean-Sébastien Jacques, chamado para a maior transparência na mineração, e uma mudança nos mineiros da maneira trabalha com as comunidades.

Falando em um endereço de Bloomberg em Sydney, Jacques disse que a “licença operar edições faz ou quebra empresas mineiras no futuro”.

“O peso de expectativas crescentes da parte interessada pode custar a uma empresa como os nossos o tempo e o dinheiro se não controlados bem.

A “sociedade exige cada vez mais a transparência, a abertura e o rigor no desempenho ambiental e nos impactos.

 “Não há nenhum campo da dúvida que está conseguindo mais duramente trazer projetos novos à vida, o marrom ou o verde, e a empresa mineira de vencimento do futuro controlará a licença operar edições com excelência,” disse.

Deloitte concordou, alistando isto como um dos temas importantes para 2016. “As táticas velhas já não trabalham. Em lugar de, um formulário novo do acoplamento da parte interessada é precisado -- um que pode demonstrably encontrar as procuras de grupos múltiplos,” disse.

Os “mineiros devem alinhar seus investimentos com as necessidades sendo a base de suas partes interessadas díspares de maximizar inteiramente oportunidades.”

Morrido de fome da finança, os mineiros esforçam-se para sobreviver

O mercado de investimento da mineração é ajustado para implodir durante os próximos três anos.

O investimento de mineração em Austrália é ajustado para diminuir agudamente durante os próximos três anos, tendo por resultado 20.000 perdas do trabalho.

Um relatório novo pela metralha do BIS – mineração em Austrália 2015 2030 – prevê o estado actual de contração para continuar na mineração, caindo uns 58 por cento mais adicional durante os próximos três anos.

“Atrair o capital tornou-se mais duramente do que nunca, porque os segmentos da indústria continuam a correr em uma perda. Na resposta, as empresas continuarão provavelmente a procurar fontes de financiamento alternativas -- mesmo quando os termos não estão inteiramente em seu favor,” Deloitte explicou.

Os desafios do imposto impactarão a gestão de ontem

Para manter o ritmo com o ambiente em desenvolvimento do imposto, as empresas devem tomar etapas para compreender as implicações financeiras destas regras de imposto novas, avaliam suas estruturas operacionais e incorporadas, olham fresco sua gestão e contratam-no com partes interessadas do governo -- especialmente onde as regras de imposto se relacionaram à estabilidade ou acordos da produção ameaça mudar, Deloitte indicou.

O paradoxo de M&A: Para comprar ou não comprar

As fusões e as aquisições ocorrem sempre na parte superior e na parte inferior do ciclo, e atualmente minar senta-se na calha da variação do mercado.

Contudo apesar das previsões de um recolhimento em minar M&A, os valores do negócio e os volumes continuam a correr mais baixo esperado do que. “De facto, o fluxo o mais ativo do negócio tem vindo nos últimos anos dos despojamento e o salvamento-tipo negocia; para aproveitar-se destas oportunidades, os mineiros podem querer considerar comprar anticìclica e pensando duas vezes antes de privar,” Deloitte disse.

Uma ideia expandida do bem-estar incorporado e pessoal

A segurança é sempre chave em todo o local da mina, e esta não mudará

Da “os riscos indústria relativos aos ambos segurança continuam a crescer, aumentar seus registros da segurança e mineiros das posturas da segurança pode querer reforçar seus procedimentos de segurança,” disse.
Para conhecer mais notícia, por favor vist nossa Web. : http://www.goldenfuturecn.com

Tempo do bar : 2015-12-01 14:15:17 >> lista da notícia
Contacto
Golden Future Enterprise HK Ltd

Pessoa de Contato: Mr. Anic Zhong

Telefone: 86-755-28902532

Fax: 86-755-28903941

Envie sua pergunta diretamente para nós (0 / 3000)